Cuidar do seu coração deve ser uma de suas prioridades, e é que as doenças cardíacas são uma das principais causas de morte em todo o planeta e, mais especificamente, de morte não violenta em Portugal. De acordo com os dados oferecidos pela Fundação Espanhola do Coração, atualmente ocorrem 17,5 milhões de mortes anuais prematuras por doenças cardiovasculares.

Neste sentido, contar com um coração saudável é necessário para desfrutar de uma boa qualidade de vida. Está em suas mãos o levar a cabo hábitos saudáveis que ajudem a promover a sua saúde. Uma boa atitude pode trazer imensos benefícios que se traduzirão em melhoria da saúde. O coração é o motor do corpo e é muito importante cuidar dele, por isso, temos aqui uma série de dicas que te vão ajudar a manter uma boa saúde cardiovascular.

Cuidar do seu coração é algo simples, só é necessário incluir algumas ações no dia-a-dia e eliminar os fatores que influenciam negativamente a saúde cardiovascular; seguir essas dicas serão de grande ajuda:

  1. Cuida da alimentação. Parece algo óbvio, mas as doenças cardiovasculares estão relacionadas com uma má alimentação, o excesso de peso e o consumo de gorduras. Os alimentos transgênicos e as gorduras saturadas são os principais inimigos do nosso coração, mas também há que ter controlado as quantidades de sal, a pastelaria e a carne vermelha que se ingerem.
  2. Realiza esporte de forma saudável. Fazer exercício vai melhorar muito a saúde cardiovascular, especialmente se realizam atividades aeróbicas, já que ativam a função do coração. O recomendável é dedicar pelo menos 30 minutos por dia. Desta forma ajuda a proteger o sistema circulatório, regularás a tensão arterial e aumenta o fluxo sanguíneo.
  3. Mantenha uma atitude positiva. Situações como o estresse ou a tristeza podem aumentar a pressão no sangue gerando falhas no coração. Para evitar esta situação, é importante reservar algum tempo para si e criar espaços em que você se sinta confortável e relaxado.
  4. Respeite as horas de sono. O ideal são oito horas de sono diário, já que dormir mal pode aumentar o risco de sofrer de taquicardia.
  5. Elimina hábitos nocivos. O álcool e o tabagismo são altamente prejudiciais para o coração. Ambas as substâncias colapso das artérias, resultando em um aumento de trabalho para o sistema cardiovascular. Por isso, é importante deixar para trás esses maus hábitos.
  6. Controle o seu histórico familiar. Muitas vezes não se conhecem as doenças que já teve uma família, e isso é importante, já que, em muitas ocasiões, as doenças cardiovasculares podem ser hereditárias.

Aproveitando que o dia 29 de setembro comemora-se o Dia Mundial do Coração, convidamos-vos para que conheçais os principais fatores de risco cardiovascular. É hora de colocar mãos à obra e vamos cuidar do nosso coração!